Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

segunda-feira, 18 de junho de 2012


Arte feita de lixo



Exposição do artista plástico Vick Muniz é montada a partir de resíduos sólidos retirados do fundo da Baía da Guanabara

Paulenir Constâncio

Incluir, preservar e admirar. Por alguns momentos esse foi o lema da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) na abertura nesse sábado (16/09) do ateliê interativo do artista plástico Vick Muniz, na Cúpula dos Povos, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, aproveitou o momento de descontração na agenda, passeou pela instalação e participou da exposição, que vai até o dia 22.

Todas as pessoas que forem ao galpão, situado entre o Aeroporto Santos Dumont e o Museu de Arte Moderna, podem ver e sentir o que o lixo causava à Baia da Guanabara e de que forma isso pode ser revertido. A arte definida pelo autor como "Paisagem", tem o poder de sensibilizar os participantes, reproduzindo o Corcovado, um dos cartões postais do Rio, e a baia que há duas décadas passa por um processo de revitalização.

"A arte uma forma excelente de conscientizar e mostrar para as pessoas que todos são responsáveis pela preservação, temos que rever nossos padrões de consumo e buscar soluções para o descarte adequado dos resíduos sólidos", a ministra.
Postar um comentário

Publicidade II