Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Jaburu Distribuidora

Jaburu Distribuidora

Rei das Latas

Rei das Latas

Redes Sociais

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

MT discute riscos dos agrotóxicos para saúde e meio ambiente

Durante seminário em Cuiabá será lançado fórum mato-grossense.
Estado deve utilizar experiências bem sucedidas de outros Estados.


O Ministério Público do Trabalho (MPT) do Estado de Mato Grosso realiza nesta quarta-feira (13) em Cuiabá um seminário para o lançamento do fórum mato-grossense sobre agrotóxicos, saúde e meio ambiente. O evento será na sede da Procuradoria Regional do Trabalho da 23ª Região na capital e deve reunir especialistas da área, além de representantes do meio produtivo.

De acordo com a entidade, a agenda de atuação do fórum será construída aos poucos e com a participação de seus membros. As experiências de outros estados devem contribuir com a proposta mato-grossense. Nesta quarta, entre os temas a serem discutidos está o uso de agrotóxicos na produção agrícola e seus impactos para o meio ambiente. O uso de forma indiscriminada destes produtos nas lavouras preocupa os especialistas.

Um levantamento realizado em 2012 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a presença de resíduos destes produtos em alimentos produzidos no Brasil indicou que de 3.293 amostras de 13 tipos, ou 29%, estavam contaminadas.

“Há uma preocupação com o trabalhador que fica em contato direto com o produto e também com as pessoas que consomem os alimentos produzidos e que podem estar contaminados”, diz o pesquisador Ageo Mário Cândido da Silva, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Segundo o pesquisador, que também será um dos palestrantes no seminário em Cuiabá, o evento é uma forma de chamar a atenção para o problema. Durante o seminário, Cândido conduzirá a exposição sobre ‘vigilância e Saúde de populações expostas aos agrotóxicos em Mato Grosso’.

“É preciso direcionar algumas políticas públicas para promover a proteção dos trabalhadores”, defende Silva.

A entrada é gratuita e o local do evento tem capacidade para 90 pessoas. Não é necessário realizar inscrição prévia.

Confira a programação:
8h - Abertura – Procuradora-Chefe do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso, Marcela Monteiro Dória, e procurador do Trabalho Leomar Daroncho;

8h30 - Agrotóxicos: Visão do Agronegócio – Representante da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (FAMATO);

9h10 - Uso de Agrotóxicos na Produção Agrícola: Impactos para o Meio Ambiente – Professor Dr. Wanderlei Antônio Pignatti;

9h50 - Vigilância e Saúde de Populações Expostas aos Agrotóxicos em Mato Grosso – Professor Dr. Ageo Mário Cândido da Silva;

10h30 - Fórum de Combate aos Prejuízos dos Agrotóxicos: A Experiência do MPT no Paraná – Procuradora Regional do Trabalho Margaret Matos de Carvalho

G1
Postar um comentário

Publicidade II