Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

sábado, 21 de junho de 2014

Alternativa para hortaliças, produção de conserva vira tema de curso do Senar

Curso será oferecido entre os dias 24 e 26 de junho
(Foto: Divulgação/Assessoria)
Produtores rurais de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, terão a oportunidade de se qualificarem em mais um curso do Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado): o de produção de conservas, que serve como alternativa para aproveitar o excedente de frutas e hortaliças e contribui para a melhoria da qualidade da alimentação familiar, além de gerar renda.

O
curso em “Produção Caseira de Conservas de Frutas e Hortaliças” será realizado entre os dias 24 a 26 de junho na Semas (Secretaria Municipal de Assistência Social do município).

Instrutora do Senar/MS, Isaura Duarte Rodrigues, contou que a produção de conservas é resumida como colocar horta e pomar dentro de vidros. “Usamos essa expressão para evidenciar a qualidade e o sabor que as conservas têm”, explicou.

O
curso deverá qualificar 12 produtores familiares habilitando-os na produção de doces de frutas, em pasta ou em calda, além de ketchup e saladas, todos em conserva.

A durabilidade da conserva ainda valoriza o produto e permite o aproveitamento de frutas como banana, laranja, mamão e maracujá e de hortaliças como cebola e picles.

“Além de aproveitar esses produtos, que podem durar até 18 meses, a fabricação agrega valor. Uma conserva de 360 gramas de doce de mamão, por exemplo, pode ser vendida por R$ 14 em média no Estado”, contou.

Mais informações podem ser obtidas pelo site www.senarms.org.br ou pelo telefone (67) 3320-9700.


Campo Grande News

Postar um comentário

Publicidade II