Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Polícia Ambiental e Ibama apreendem 61 aves em ação na PB


Ação conjunta aconteceu na capital paraibana e na Região Metropolitana.
Duas pessoas foram detidas e irão responder a processo e pagar multas.
Aves apreendidas serão levadas para receber
cuidados no Cetas e depois serão soltas
(Foto: Walter Paparazzo/G1PB)
Uma ação da Polícia Ambiental em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreendeu 61 aves silvestres que estavam sendo comercializadas irregularmente em feiras livres de João Pessoa e Bayeux, na Região Metropolitana.
A operação policial aconteceu na manhã deste domingo (2). De acordo com o major Deuttenmüller, subcomandante da Polícia Ambiental, 52 aves, entre elas epécies ameaçadas, foram apreendidas na feira de Oitizeiro, em João Pessoa e outras nove em uma feira livre de Bayeux.
Durante a ação policial duas pessoas foram detidas e levadas para a sede do Ibama onde foram notificadas e prestaram esclarecimentos, elas pagarão multa de R$ 1.000 por ave apreendida, respondendo por comércio irregular de animais.
Ainda segundo o major, para se livrar do flagrante, um dos suspeitos detidos tentou esconder um pássaro que estava em suas mãos e acabou matando o animal por sufocamento, e deve responder também por maus tratos contra animais, além do pagamento das multas.
Os pássaros apreendidos serão levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), que fica na 'mata do amém' em Cabedelo, lá eles ficarão em período de quarentena e receberão cuidados, para depois serem liberados em seu habitat natural.



Postar um comentário

Publicidade II