Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Jaburu Distribuidora

Jaburu Distribuidora

Rei das Latas

Rei das Latas

Redes Sociais

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Programa auxilia produtores em ações sustentáveis no MS

Promover melhorias nas propriedades rurais, através de tecnologias e métodos inovadores que proporcionam maior rentabilidade ao produtor. Com esse objetivo, o Sebrae desenvolve uma parceria com Senar, através dos projetos Sebraetec e Mais Inovação, que há seis meses atende a 31 fazendas dos municípios de Inocência e Aparecida do Taboado-MS. 

Após levantamento sobre as áreas das propriedades (pastagem, floresta plantada, mata ciliar e reserva legal), conhecendo clima, solo e culturas fixadas na região, iniciou-se a atuação com 11 profissionais de Ciências Agrárias (Agronomia e Medicina Veterinária) para poder levar aos produtores familiares uma proposta de renovação e manejo adequado. 

“É um projeto piloto, inédito no Estado, que tem a intenção de ser replicado em várias outras regiões do MS para mudar a realidade dos empreendimentos rurais, proporcionando melhor produção e maior produtividade utilizando o mesmo ambiente”, ressalta o gerente de Agronegócios do Sebrae no MS, Marcus Rodrigo de Faria. 

Mais uma etapa será realizada na próxima quinta-feira, 6 de setembro, quando a equipe do Sebraetec visitará algumas destas propriedades para orientar os produtores quanto à otimização do espaço para produção, recuperação de áreas ambientais degradadas, modernização do processo produtivo e Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF).

Incentivo à sustentabilidade 

Os trabalhos de diagnóstico e consultoria são gratuitos, cabendo ao produtor apenas custear o investimento necessário para implementar as melhorias sugeridas. O projeto segue até o mês de novembro. 

“Levantamos custos e projeções de retorno financeiro. Isto tudo está documentado, em forma de projeto, com foco sustentável; de maneira que ele possa levar ao banco e conseguir subsídio junto ao Programa ABC”, explica Marcus Rodrigo. 

O Agricultura de Baixo Carbono (ABC) é um programa de crédito criado em 2010 pelo governo federal e prevê subsídios aos produtores que realizarem na fazenda projetos que promovam a redução da emissão de gases efeito estufa no campo. De acordo com o Plano Safra 2012-2013, lançado em junho, as linhas de crédito do Programa ABC terão disponíveis R$3,4 bilhões.


Postar um comentário

Publicidade II