Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

terça-feira, 23 de abril de 2013

Focos de queimadas caem 18% em Mato Grosso do Sul, aponta Inpe


Entre 1º de janeiro e 20 de abril, foram 463 pontos de incêndio.
Corumbá lidera o ranking anual dos municípios brasileiros.



Mato Grosso do Sul contabilizou 463 focos de queimadas entre 1º de janeiro e 20 de abril, conforme levantamento feito pelo G1, neste domingo (21), com base em dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).
O número é 18% menor que o registrado no mesmo período de 2012 – 570 focos – e deixa o estado em quarto lugar entre as unidades da federação.
Somente em janeiro, Mato Grosso do Sul teve 174 pontos de incêndio, de acordo com o Inpe. Em fevereiro, foram 100 focos, em março, 158 e nos primeiros 20 dias de abril, 31.

Corumbá – município localizado no Pantanal sul-mato-grossense que fica a 444 km de Campo Grande – lidera o ranking anual dos municípios brasileiros. Segundo o instituto, foram contabilizados 237 focos de queimadas, 106 a mais que Boa Vista (RR), segundo colocado.
Postar um comentário

Publicidade II