Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Jaburu Distribuidora

Jaburu Distribuidora

Rei das Latas

Rei das Latas

Redes Sociais

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

terça-feira, 23 de abril de 2013

Focos de queimadas caem 18% em Mato Grosso do Sul, aponta Inpe


Entre 1º de janeiro e 20 de abril, foram 463 pontos de incêndio.
Corumbá lidera o ranking anual dos municípios brasileiros.



Mato Grosso do Sul contabilizou 463 focos de queimadas entre 1º de janeiro e 20 de abril, conforme levantamento feito pelo G1, neste domingo (21), com base em dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).
O número é 18% menor que o registrado no mesmo período de 2012 – 570 focos – e deixa o estado em quarto lugar entre as unidades da federação.
Somente em janeiro, Mato Grosso do Sul teve 174 pontos de incêndio, de acordo com o Inpe. Em fevereiro, foram 100 focos, em março, 158 e nos primeiros 20 dias de abril, 31.

Corumbá – município localizado no Pantanal sul-mato-grossense que fica a 444 km de Campo Grande – lidera o ranking anual dos municípios brasileiros. Segundo o instituto, foram contabilizados 237 focos de queimadas, 106 a mais que Boa Vista (RR), segundo colocado.
Postar um comentário

Publicidade II