Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Jaburu Distribuidora

Jaburu Distribuidora

Rei das Latas

Rei das Latas

Redes Sociais

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Conab faz leilão de troca de arroz para socorrer países atendidos pela ONU

Foto: divulgação/Internet

Na próxima semana, nos dias 24 e 25, a Companhia Nacional de Abastecimento fará leilões de troca de arroz em casca a granel por arroz beneficiado. O produto será doado a seis países em situação de insegurança alimentar - Síria, Jordânia, Cisjordânia, Gaza, Lìbano e Nicarágua – por meio do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA).

A medida segue a Lei 12.429, de 20/06/2011, que autoriza o governo federal a doar estoques públicos de alimentos. para assistência humanitária internacional. A lei atribui ao Ministério das Relações Exteriores (MRE) a incumbência de definir os quantitativos e os destinatários das doações. A Nicarágua receberá 600 toneladas, a Síria 1.225 t, Jordânia 23,3 t, CisJordânia 225,7 t, Gaza 3.536 t e o Líbano 397,7 toneladas.

As operações de troca de arroz serão feita por meio leilões eletrônicos, conforme especificado nos avisos publicados no site (http://www.conab.gov.br/conteudos.php?a=1229&t=2). O produto beneficiado deverá ser entregue no porto de Rio Grande (RS), no caso da Nicarágua, até 25 de março, e nos demais países, até 15 de abril, embalado em sacaria de propileno, com capacidade para acondicionar 50 kg.

Esta é a primeira participação do governo brasileiro no PMA em 2014. Nos últimos anos, a Conab atuou em doações para países da África, Ásia e América Central, com o envio de produtos como arroz, feijão, milho e leite em pó.

CONAB
Postar um comentário

Publicidade II