Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Jaburu Distribuidora

Jaburu Distribuidora

Rei das Latas

Rei das Latas

Redes Sociais

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Agricultores já colheram 20% da safra em todo estado

Nas propriedades da região norte a colheita encontra-se em fase mais adiantada

Chapadão do Sul é o município com maior percentual de área destinada à cultura colhida,
chegando aos 50% (Foto: Divulgação)

Aproximadamente 24,5% do milho safrinha cultivado na região Norte e 15,1% da região Sul já foi colhido conforme informações da Aprosoja/MS - Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul que viajam pelo Estado para o acompanhamento da safra. Em todo o estado já foram colheram 1,4 milhão de toneladas de milho, o que corresponde a 20% do total previsto para a safrinha 2013/14.

Na região Norte do Estado, de acordo com o Siga, Chapadão do Sul é o município com maior percentual de área destinada à cultura colhida, chegando aos 50%. Em Sonora, também na região Norte, a produtividade média registrada fica entre 100 a 117 sacas por hectare. Enquanto que em São Gabriel do Oeste, onde os agricultores já colheram 25% da área, a produtividade fica entre 120 a 139 sacas por hectare, com umidade do grão em torno de 19%, percentual que não é considerada ideal, mas já permite colheita. Costa Rica e Coxim já colheram 45% e 35% da área dedicada ao milho safrinha, respectivamente.

Ao Sul do Estado, devido ao atraso no plantio do milho, os técnicos constataram que muitas propriedades não iniciaram a colheita, tendo como previsão o início do mês de agosto. A produtividade naquela região é inferior ao Norte, variando de 80 a 100 sacas por hectare. Na evolução da colheita por município, as informações da Aprosoja/MS apontam que Rio Brilhante já retirou do campo 25% do milho cultivado, Caarapó 22%, Amambaí 20%, Dourados 15% e Maracaju 12%.

Diário Digital

Postar um comentário

Publicidade II