Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Nova série na TV por assinatura retratará sub-regiões do Pantanal

A produção percorrerá Mato Grosso do Sul e Mato Grossso, destacando aspectos geográficos, humanos e culturais

Marcelo de Paulo durante filmagem
de documentário em MS 
(Foto: Divulgação)
O documentarista carioca Marcelo de Paula há mais de duas décadas mantém intensa relação com as regiões Centro-Oeste e Norte. Desde a adolescência, quando percorreu, pela primeira vez , parte dessas áreas , percebeu, em vários pontos, as riquezas naturais, humanas, históricas e culturais. Quando passou a ser produtor de audiovisual não teve como fugir de temas envolvendo os locais que conheceu.

Um dos exemplos é “Karajá – o filme” (2006), que registra o seu reencontro com integrantes da tribo Karajás, que vive em áreas de Mato Grosso, Goiás e Tocantins, com quem convivera por seis meses em 1991. Outro exemplo é a série que produziu para TV por assinatura “Pantanal – patrimônio natural mundial”, que, em 14 capítulos, cada um com 24 minutos, destacou aspectos desse território.

SANTUÁRIO ECOLÓGICO

Agora, Marcelo quer retornar à região para mostrar mais elementos do santuário ecológico. A nova produção, que começa a ser filmada até o fim do mês, é uma parceria entre a produtora de Marcelo, Código Solar, e o canal Cine Brasil TV, com perspectivas de exibição até o fim do ano.

“O projeto está sendo feito a partir daquele cota que garante espaço nas tvs por assinaturas para realizações nacionais, mas não tem qualquer recurso de fundo setorial. Nesse sentido, é totalmente independente”, explica o diretor.

A nova produção foi batizada de “Pantanais do Pantanal e buscará apresentar amplo painel da realidade pantaneira. “Muita gente acha que Pantanal é uma coisa somente. Mostraremos, ao longo de 14 capítulos, as suas 13 subregiões, incluindo a parte que compreende o Paraguai e à Bolívia”, destaca o diretor. 

Em 45 dias, ele quer percorrer, junto com a mulher, Carla Mendes, e filha, Morgana, as regiões de Nabileque, Paiaguás, Nhecolândia, Abobral, Aquidauana, Miranda, Porto Murtinho, Cáceres, Poconé e Barão do Melgaço.

O primeiro local a ser visitado é Porto Murtinho. 

“Nesta etapa, queremos destacar fases econômicas que passaram o local com a exploração comercial da erva-mate, tanino e charque. Também mostraremos o aspecto natural, que é muito importante”, explica.

Marcelo diz utilizará mão-de-obra técnica de cada local. “Colocamos na prática essa ideia de fomentar a formação de pessoal para trabalhar com audiovisual. Em cada projeto, sempre abrimos espaço para repassar informações nos locais onde percorremos. No caso desse novo projeto, isso acontecerá também, já fizemos os contatos necessários para o auxílio em cada parada”. 

Marcelo, além do trabalho sobre o Pantanal, também conta com produções sobre Bonito, Marinha Brasileira, conflitos militares europeus, expedições científicas, viagens de aventura e outros.

Correio do Estado
Postar um comentário

Publicidade II