Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

sábado, 17 de outubro de 2009

Uso de coelhos para gerar combustível

http://3.bp.blogspot.com/_lN5bKKD8YtQ/SCmCjIgHiNI/AAAAAAAAAkI/nwTYxPMAS5M/s320/coelho.jpg

O uso de coelhos para produção de biocombustíveis está gerando polêmica na Suécia. 

Os animais são mortos por caçadores contratados pela prefeitura da capital, Estocolmo, porque são considerados pragas, que destroem os parques e jardins da cidade. 

Um dos caçadores, Tommy Tuvunger, disse ao site da revista alemã Spiegel que seis mil coelhos foram mortos no ano passado. Neste ano, três mil já foram caçados.

"Eles são um problema muito grande", diz Tuvunger. "Depois de mortos, os coelhos são congelados e, quando temos números suficientes, uma empresa vem e os leva."

Os corpos dos animais são então esmagados, triturados e depois levados a uma caldeira na usina da cidade de Karlskoga, onde são queimados junto com pedaços de madeira e lixo para fornecer energia para o aquecimento de casas.

Segundo o editor do jornal The Local, de Estocolmo, na cidade onde os coelhos estão sendo queimados, a reação dos moradores é bastante calma, mas existe a preocupação de que os coelhos são “bonitinhos”.

"Isso entre algumas pessoas, em especial ativistas de direitos animais, que pensam que esta não é uma boa forma de se tratar coelhos."

E você, o que acha? A geração de energia a partir de corpos de coelhos é uma boa maneira de lidar com o lixo animal? Ou, mesmo depois de mortos, isso é uma crueldade com os coelhos?



BBC Brasil
Postar um comentário

Publicidade II