Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

sexta-feira, 3 de maio de 2013

PMA apreende 124 kg de pescado irregular no rio Paraguai, em MS

Foram achados peixes fora da medida e capturados com materiais proibidos.
Material recolhido vai ser periciado e doado a instituição filantrópica.


Pescado foi encaminhado para a delegacia da Polícia Federal de Corumbá. (Foto: Divulgação / PMA)


Em fiscalização no rio Paraguai, a Polícia Militar Ambiental (PMA) de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, apreendeu 124 quilos de pescado irregular e prendeu dois pescadores por crime ambiental. O flagrante aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira (3).

De acordo com a polícia, havia pescado das espécies pintado, cachara e jaú, alguns deles estavam fora da medida e acima da cota permitida por lei para a captura. Alguns exemplares apresentavam características de uso de equipamentos proibidos.

Um dos suspeitos é militar, tem 70 anos, e com ele foram encontrados 77 kg de peixe e recebeu multa de R$ 2.440. O outro preso era pescador profissional, morador de Corumbá e com ele foram encontrados os 57 kg restantes. De acordo com a polícia, o homem recebeu multa de R$ 1.640.

Conforme a PMA, os suspeitos foram encaminhados à delegacia de Polícia federal de Corumbá junto com o material apreendido. Os dois foram autuados por crime ambiental de pesca predatória e libertados após o pagamento de fiança, cujo valor não foi informado. Se condenados, eles podem pegar de um a três anos de prisão. Os peixes serão periciados e depois doados para instituição filantrópica.


G1 MS
Postar um comentário

Publicidade II