Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Desmatamento tem aumento de 89% na Amazônia



Em maio de 2013, o SAD detectou 84 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal com uma cobertura de nuvem de 46% do território. Isso representou um aumento de 97% em relação a maio de 2012 quando o desmatamento somou 42,5 quilômetros quadrados e a cobertura de nuvens foi de 54%.

O desmatamento acumulado no período de agosto de 2012 a maio de 2013 totalizou 1.654 quilômetros quadrados. Houve aumento de 89% em relação ao período anterior (agosto de 2011 a maio de 2012) quando o desmatamento somou 873 quilômetros quadrados.

Em maio de 2013, a maioria (61%) do desmatamento ocorreu no Mato Grosso, seguido pelo Pará (29%), Rondônia (7%), Amazonas (2%) e Acre (1%).

As florestas degradadas na Amazônia Legal somaram 74,5 quilômetros quadrados em maio de 2013. Em relação a maio de 2012, quando a degradação florestal somou 370,5 quilômetros quadrados, houve uma redução de 80%.

A degradação florestal acumulada no período (agosto 2012 a maio 2013) atingiu 1.293 quilômetros quadrados. Em relação ao período anterior (agosto de 2011 a maio de 2012), quando a degradação somou 1.960 quilômetros quadrados, houve redução de 34%.

Em maio de 2013, o desmatamento detectado pelo SAD comprometeu 1,5 milhão de toneladas de CO² equivalente. No acumulado do período (agosto 2012 a maio de 2013) as emissões de CO² equivalentes comprometidas com o desmatamento totalizaram 93 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 54% em relação ao período anterior (agosto de 2011 a maio de 2012).

Rural News MS
Postar um comentário

Publicidade II