Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

terça-feira, 2 de setembro de 2014

China compra menos soja em grãos e exportação cai 17% em julho


Foto: Internet
A exportação de soja de Mato Grosso do Sul em julho caiu 17% em relação ao mesmo mês do ano passado. No último mês, o volume do grão exportado pelo Estado foi de 258,5 mil toneladas, enquanto em julho de 2013 foram exportadas mais de 300 mil toneladas, segundo dados divulgados pela Secex (Secretaria de Comércio Exterior).

Análise dos resultados levantados pela secretaria mostram que as negociações de soja entre o Estado e o mercado exterior são instáveis nos meses de julho, na comparação dos últimos cinco anos. Julho de 2012 teve o menor volume de soja exportado, foram pouco mais de 100 mil toneladas. No mesmo mês de 2013, a exportação deu um salto para mais de 300 mil toneladas, sendo este o melhor mês de julho do histórico dos últimos cinco anos.

Houve queda também na receita da exportação do grão. A receita foi 21% menor, ficando em US$ 132 milhões de dólares em julho. Já em todo o Brasil a exportação da soja em grãos de julho cresceu 6% em relação ao mesmo período de 2013, sendo exportadas 6 milhões de toneladas no último mês. A receita nacional alcançou US$ 3,1 bilhões de dólares, crescimento de 3% em relação ao verificado em julho do ano passado. 

Importadores - No mês passado, o principal comprador da soja em grãos sul-mato-grossense foi a China, responsável por 55,9% do total de exportações, mais de 144,6 mil toneladas. Embora a China se mantenha como a maior compradora, segundo a Secex, esta é a primeira vez, desde novembro do ano passado, que o volume importado por esse país fica abaixo de 60% do total.

O segundo maior país importador de soja em grãos de Mato Grosso do Sul, em julho, foi a Holanda, que importou 19,2 do total exportado pelo Estado. Os demais países que negociaram com os produtores sul-mato-grossenses, neste último mês, foram Taiwan (11%), Coréia do Sul (3,5) e Tailândia (3%).

O porto de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, foi o local com maior volume de saída da soja exportada pelo Estado, responsável por 50% do total. Em seguida, está o porto de Santos, em São Paulo, por onde saiu 30% da soja exportada por Mato Grosso do Sul.

Fonte: Campo Grande News
Postar um comentário

Publicidade II