Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Destaque

Palestra Sustentabilidade Regional realizada 24 de maio em Maracaju, MS

Alcir Muller, diretor e presidente da Revista Ambiente Global A equipe Ambiente Global agradece as autoridades que se fizeram presente ...

Fazenda Beira Rio

Fazenda Beira Rio

Samania Agropecuária

Samania Agropecuária

Doces Gotas de Mel

Doces Gotas de Mel

Publicidade

.

.
SEMENTES SERTÃO

Você bilíngue

Publicidade II

Ads

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Desmatamento no Cerrado é duas vezes maior do que na Amazônia


Foco da discussão ambiental no país é a Floresta Amazônica. Agropecuária e mineração estão entre as causas de desmatamento.



No Brasil, desmata-se uma área de 20 mil quilômetros quadrados de Cerrado a cada ano – extensão correspondente ao dobro do que é desmatado na Amazônia. A informação divulgada nesta quinta-feira, dia 10 de setembro, pelo ministro do meio ambiente, Carlos Minc, ilustra a apresentação do primeiro monitoramento do desmatamento do Cerrado brasileiro.
O Plano de Ação de Prevenção e Controle do Desmatamento no Bioma Cerrado, o PPCerrado, faz parte do conjunto de medidas divulgadas pelo Ministério do Meio Ambiente em razão do Dia Nacional do Cerrado, comemorado em 11 de setembro. O objetivo da iniciativa é fazer um levantamento do desmatamento na região e desenvolver ações contra a perda da cobertura vegetal do bioma.
“Há dez anos, segundo nossos dados, tanto na Amazônia como no Cerrado eram desmatados 20 mil quilômetros quadrados por ano. Felizmente conseguimos, por meio dos programas tocados pelo governo, reduzir pela metade o desmatamento no bioma amazônico. A má notícia é que ainda não conseguimos fazer isso pelo Cerrado”, lamentou Minc.
O ministro também ressaltou a importância da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 115/95, que torna patrimônios nacionais o Cerrado e a Caatinga. “Já faz 14 anos que essa PEC está tramitando. É importantíssimo que estendamos o monitoramento do desmatamento também a outros biomas, como a Caatinga, o Pantanal e o Pampa.”
Importância do Cerrado
Segundo Minc, será possível apresentar metas concretas a partir de 2010 visando à redução do desmatamento do bioma que abrange oito estados do Brasil central: Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí e o Distrito Federal. “O Cerrado é fonte da maior parte do manancial de águas do país e não pode ser prejudicado pelo agronegócio”, acrescentou.
Defensores da PEC argumentam que o Cerrado tem sido desprezado por políticas públicas criadas em prol do meio ambiente, já que as ações são normalmente realizadas na Amazônia em si.
“A gente quer atualizar essas informações. O Cerrado é um bioma importante para a Amazônia pois ele abriga três grandes bacias que abastecem os rios da região [amazônicos]. Mas essas políticas estão um pouco fora de foco da importância do Cerrado”, explicou Marilene Souza, coordenadora-geral da 6° edição do Encontro Nacional e Feira dos Povos do Cerrado.
Novos encontros para debater o tema continuam sendo realizados até o dia 13 deste mês, no Memorial dos Povos Indígenas em Brasília, e pretendem reunir cerca de 3 mil pessoas em audiências públicas, oficinas, palestras, feiras artesanais e de comidas típicas.


Blog Ecoplanet
Postar um comentário

Publicidade II